O QUE VOCÊ PROCURA?

6 de setembro de 2017 às 16h14

Grito dos Excluídos “Por direitos e democracia, a luta é todo dia”

Seja o primeiro a comentar! Print Friendly Version of this pagePrint Get a PDF version of this webpagePDF

  • Pastorais, movimentos populares, sindicatos e entidades participam nesta quinta-feira, dia 7 de setembro, quando se celebra a Independência do Brasil,  do 23º Grito dos Excluídos, com manifestações em todo o País. VIDA EM PRIMEIRO LUGAR, POR DIREITOS E DEMOCRACIA, A LUTA É TODO DIA – este foi o lema escolhido para 2017, buscando fortalecer a luta contra a retirada de direitos dos trabalhadores e o desmonte dos programas sociais.

     

    O deputado André Quintão participará do Ato em Belo Horizonte. A concentração está marcada para a Praça da Rodoviária, às 9h, de onde os manifestantes sairão em passeata pelo centro da capital. “O tradicional Grito dos Excluídos, que sempre reúne diversas manifestações por direitos, tem ainda maior relevância neste ano. Faz parte da resistência ao desmonte das políticas públicas, ao aumento da miséria e da exclusão social e à entrega do patrimônio nacional pelo governo golpista que tirou a presidenta Dilma do poder há um ano”, afirma André.

     

    O Grito dos Excluídos existe em Belo Horizonte desde 1995, sempre como um Ato Público que unifica as bandeiras de diversos movimentos sociais e populares, um espaço de livre manifestação contra a exclusão na sociedade, por transformações e justiça social.  Em 2017, as organizações definiram como principais lutas:

     

    1. Por Democracia, contra o Golpe, por diretas já! #ForaTemer! Denúncia do golpismo da grande mídia!

     

    2. Nenhum direito a menos: não à Reforma da Previdência, revogação da Reforma Trabalhista e das terceirizações. Denúncia dos deputados e senadores mineiros que votaram contra nosso povo!

     

    3. Pela diversidade, contra todas as intolerâncias! Pela luta LGBT, das mulheres, das religiões de matriz africana, dos quilombolas, dos povos indígenas, dos povos ciganos!

     

    4. Contra a criminalização das lutas populares e o extermínio da juventude negra: libertem Rafael Braga!

     

    5. Por Direito à moradia: Nenhuma família sem casa!

     

    6. Por uma BH para todos/as! Pelo direito à cidade e contra a política de higienista!

     

    7. Em defesa do bens e riquezas do nosso povo: não às privatizações!

     

    8. Pela Memória dos lutadores e lutadoras do nosso povo, renovemos a nossa esperança: a luta é todo dia!



    COMENTÁRIOS:

    Deixe uma resposta

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *